Documento: O funeral de Viriato
Descrição
"O cadáver, magnificamente vestido, foi queimado numa pira, onde sacrificaram numerosas vítimas, enquanto os soldados corriam em volta, formados, empunhando armas e cantando, à maneira bárbara, as suas glórias em honra do herói. Por fim, duzentos pares de guerreiros efectuaram simulacros de combates e não abandonaram o local enquanto o fogo se não extinguiu por completo.

Diodoro (escritor romano) in Joel Serrão, "Dicionário de História de Portugal".
Outras Informações:
Imagens:
Viriato
Personagens:
Viriato
Dicionário:
Bárbaros
Lusitanos